Aposte nos “quimonos ocidentais”

79

 

Quimono em japonês significa literalmente “coisa de vestir”. A tradicional peça da cultura japonesa passou por uma releitura ocidental ganhando diferentes modelagens, tecidos e estampas. Assim, conquistou o seu espaço entre fashionistas e adeptas às influências do estilo oriental. Para se ter uma ideia, um quimono haori, conhecido como a “jaqueta japonesa”, varia de 300 a 500 dólares, o yukata (de usar em casa) custa em média 100 dólares. Já os usados para celebrações, custam no mínimo mil dólares. Os específicos para manifestações artísticas como cerimonia do chá, teatro Nô, Kabuki, entre outros, são vendidos apenas para os artistas. image

Quimono Haori.

image

Quimono Yukata.

image

image

Quimono para celebrações.

Uma das vantagem de investir no “quimono ocidental” é o fato dele não depender de estação, pois são confeccionados tanto com tecido mais delicados como seda, chiffon e viscose como moletom, tricô entre outros mais quentinhos. O caimento estiloso da peça transmite ao look uma sensação de leveza, podendo ser usado em ocasiões formais e também rotineiras. Tudo depende da combinação.

image

Para inspirar na hora da produção, separamos algumas propostas interessantes:

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Dicas práticas: Para aproveitar a peça no Inverno, a sugestão é usar por debaixo do quimono uma blusa coladinha manga longa (tipo segunda pele) combinado com uma calça de corte de alfaiataria. Já na Primavera, estação na qual a temperatura sobe um poquinho, a proposta da peça com sobreposicões de regatinhas e shortinhos ou vestidinhos, combina super bem. Nas altas temperaturas do verão, aposte usar o top do biquini com saias ou shortinhos cintura alta, jeans e tecidos levinhos, ambos ficam bacana!

Por Isadora Greiner

Fotos: reprodução