Diário de Viagem – Ilha de Páscoa

119

 

Renata Neves é surfista, mãe de dois meninos e mulher do Big Rider, Alemão de Maresias. Desde quando entrou nesta nova aventura, não fez mais suas surftrips, até o convite da família de um também Big Rider, Carlos Burle para a Ilha de Páscoa (ou Rapa Nui). Confira abaixo o primeiro capítulo do diário desta aventura na Ilha de Páscoa:

image

Capítulo 01 – “Surpresa boa!”

A ideia da viagem começou quando o Alemão foi convidado por Carlos Burle,  renomado surfista de ondas grandes, para gravar alguns episódios do programa “Desejar Profundo” no Canal Off. O Alemão, como já foi 6 vezes para lá, conhece bem a ilha e fez grandes amizades. Ele ensinou aos locais as técnicas do tow in ( modalidade na qual o surfista é rebocado na onda por um jet ski) que hoje proporciona à todos eles explorar ondas cada vez maiores com segurança.

image

Por uns dois meses, eles monitoraram as previsões de entrada de grandes swells, já que o intuito são as “big waves”, para definir a data perfeita para viajar.

image

A princípio esta seria uma viagem do Alemão com o Burle. Mas, assim que detectaram uma boa ondulação para a Ilha de Páscoa, Burle mandou um email avisando que pensava em levar a família e se ele não queria levar também, assim gravariam um programa ” família “.  Fiquei super entusiasmada e ansiosa, logo comecei a pensar como faríamos esta ideia se concretizar. O nosso filho mais velho, Renê, também ficou animado, pois finalmente iria conhecer esta Ilha que o papai tanto fala e ama, e que sempre trás as MOAIS ( aquelas estátuas misteriosas) de pedra para enfeitar nossa casa.

image

…2 filhos, sendo um bebê, na Ilha de Páscoa, que é denominada a Ilha mais distante do continente. 2 vôos. Sp – Santiago, pernoite em Santiago, acorda cedo, faz check in, despacha pranchas, malas, carrinho e mais 5 horas até nosso destino mais místico do pacífico! Ufa, juro que me dá uma cansadinha pensar em tudo isso. Mas agitamos nossos pauzinhos e fomos!

image

Ao entrar no avião encontramos o Cachorrão, um velho amigo fotógrafo e câmera, responsável pela gravação do programa. Durante o vôo, confesso que vivi um mini caos – com filho mais velho ansioso e bebê fora da rotina, foram horas bastante movimentadas. Apesar disso,  já me sentia entusiasmada para surfar a onda mais popular da ilha, chamada Papas – uma direita fácil e longa com a temperatura da água super agradável. O Alemão também, focado na adrenalina que iria sentir ao surfar aquelas ondas temidas e casca grossa. Já Burle, não conseguia nem disfarçar a felicidade em voltar a Rapa Nui depois de 24 anos!

image

Chegamos com uma recepção super calorosa feita pelos locais amigos do Alemão. Estavam todos ali, nos esperando, felizes que teriam o amigo que não viam há 4 anos e o ídolo do big surf, para surfar com eles por 15 dias!

image

Burle e a família ficaram no hotel Oceanic de um dos amigos do Alemão e nós ficamos na casa que um grande amigo Rapa Nui nos emprestou. Desde o princípio sabia que seria super agradável uma viagem em família com a companhia deles. Dito e feito. Adorei a Ligia, esposa do Burle. O meu filho Renê e Reno Kai, filho deles com a mesma mesma idade, se entenderam ( e desentenderam) à beça. O Burle um gentleman, e o Alemão realizado de estar com todos nós ali e o Samuel, que mesmo com seus poucos meses de vida, se comportou muito bem o tempo todo.

image

Na casa onde ficamos hospedados, podíamos cozinhar e lavar as roupas. Dalí saíram deliciosos jantares saudáveis preparados pela Lígia e ótimas peixadas organizadas pelos pescadores.

image

Alemão e Burle assim que chegaram foram com os locais fazer o check out das ondas, para programar o dia seguinte. E naquela noite mesmo, jantamos a primeira empanada de muitas outras que comeríamos durante a viagem.image

No próximo capítulo, vou contar dos nossos passeios, das ondas dos caras e claro, do surf das meninas. Ah, também tem parquinho com as crianças, ossos de dinossauros, jantar no Te Moana, ceviche, cerveja escudo, museu Rapa Nui, descida de skate mega radical e muito mais!

image

Por Renata Neves

Fotos: arquivo pessoal