Yoga no tecido

197

 

Sou praticante de hatha yoga desde 2006 e instrutora desde 2010. Assim como tudo é impermanente a minha prática também é.

Sempre gostei de posturas fortes como equilíbrio sobre os braços e invertidas. Descobri a pouco a prática de yoga no tecido acrobático. Confesso que no começo fique tonta, mareada e com náuseas.

Já logo de cara fui fazer um curso de formação. Então eram muitas horas de ponta cabeça e balançando no tecido.

Escutei a professora que dizia que tudo isso ia passar e realmente passou.

Hoje amo executar os asanas ( posturas do yoga) no tecido. A gravidade está a nosso favor, o tecido cede e no nosso corpo criamos muito espaço. Consegui fazer muitas posturas que não faço no chão.

Ele é realmente um acessórios que auxilia muito a conquistar posturas que nos parecem impossível, palavra que não existe no mundo do yoga. Tudo é possível com muita prática, dedicação e a ajudazinha do nosso amigo tecido.

Por Camila Vasconcellos